Tudo o que você precisa saber sobre o mau hálito

Nem sempre o mau hálito é eliminado através da escovação e com o uso de enxaguantes bucais. Enquanto a causa não for identificada e resolvida, é muito possível que o paciente continue sofrendo os danos do chamado “bafo”. O mau hálito prejudica os relacionamentos pessoais e profissionais e afeta diretamente a confiança e a autoestima do paciente. Logo, é essencial reconhecer o problema, encontrar a causa, para então buscar a solução!

No post de hoje, vamos tratar sobre as principais causas do mau hálito, os tratamentos e muito mais! Por isso, se você tem aquele amigo que você mal consegue conversar por conta do bafo, vale a pena encaminhar o post!

Causas do mau hálito

O mau hálito pode ter uma série de causas. No entanto, a maioria delas está relacionada com problemas bucais. Quem tem cáries, gengivite, xerostomia, por exemplo, acabam tendo mau hálito. Além disso, a falta de higienização, não fazer uma limpeza correta da língua, problemas nas amigdalas, uso de medicamentos e até uma dieta cetogênica podem afetar odor da boca.

Nem sempre a pessoa que tem mau hálito sabe disso. Principalmente porque o nosso organismo acaba se adaptando aos odores frequentes. Por isso, se você conhece alguém que tem mau hálito, vale a pena conversar com o devido cuidado e dar aquele toque de amigo.

Combatendo o mau hálito

Para realizar um tratamento eficiente, primeiro é preciso compreender quais são as razões do mau hálito. É importante ter em mente que o mau hálito não é uma doença, mas sim um sintoma de algum problema no organismo ou na cavidade bucal.

Para evitar o mau hálito, no entanto, todo paciente pode tomar medidas simples no seu dia a dia que ajudam a manter a boca sempre fresca e sem odores!

A primeira dica para evitar o mau hálito é beber bastante água. A água acaba naturalmente minimizando a ação da placa bacteriana e, consequentemente, todas as doenças decorrentes dela (cáries, gengivite, etc.). Beber bastante água também é uma forma de minimizar os efeitos de quem tem xerostomia, que é a ausência de salivação, uma das principais causas do mau hálito.

Evitar o jejum por tempo prolongado. Caso o jejum seja necessário, procure realizar a escovação com maior frequência.

Quem fuma, também deve ficar atento, já que o tabagismo favorece a presença do mau odor bucal.

A escovação e o uso de um bom enxaguante bucal também podem ajudar. Porém, novamente, eles só são eficientes se a causa do mau hálito for a falta de higiene bucal.

[Quer saber qual é o melhor enxaguante bucal e quando usá-lo? Então, não deixe de conferir!]

Chicletes sem açúcar, visitas frequentes ao dentista também são medidas que podem ajudar!

Cuidados diários com a higiene bucal: uma arma contra o mau hálito

Sim, a higiene bucal feita de forma correta e com consistência é a melhor maneira de evitar o mau hálito. Porém, será que você sabe como fazer uma boa higiene bucal? Mais do que escovar os dentes do sentido da gengiva para baixo, o paciente também deve saber como escolher a escova mais adequada para o seu caso.

O uso do fio dental também é uma etapa obrigatória. Afinal, mesmo após a escovação, é comum que fiquem restos de comida entre os dentes, o que também gera o mau hálito. Por fim, o uso de um enxaguante bucal gera aquela refrescância e prolonga os efeitos da escovação por mais tempo.

Muitos pacientes acreditam que sabem como realizar uma boa escovação. No entanto, movimentos como o zigue-zague com a escova e até o uso incorreto do fio dental, podem danificar a gengiva e os dentes, piorando o problema!

Bafo, nunca mais!

Como explicamos, o mau hálito não tem uma única causa. Por isso, não existe um tratamento único para combater o famoso “bafo”. Se você conhece alguém que tenha mau hálito, chame para uma conversa. Como explicamos, na maioria das vezes, a pessoa não percebe que tem o problema.

Se você achar que o mau hálito se transformou em uma questão no seu dia a dia, busque um dentista para identificar o real motivo e encontrar o melhor tratamento para o seu caso!

Gostou dessas dicas? Confira também como escolher a melhor escova de dentes para você! Clique aqui e saiba mais!