Escovar os dentes e mindfulness

Está sem tempo de ler agora, aperte no play e ouça o texto.

Você já ouviu falar em mindfulness? Nos últimos tempos, tanto a prática da consciência plena como de outros tipos de meditação, ganharam espaço na mídia e no dia a dia de muita gente. Como forma de combater o estresse, mais e mais pessoas estão aderindo ao mindfulness, uma técnica indicada para quem busca serenidade e autoconhecimento.

Para quem não conhece o mindfulness, a prática propõe colocar a atenção total em cada coisa que se faz. Hoje, devido ao excesso de tarefas e de informação, muita gente acaba se atropelando com a própria ansiedade. O que o mindfulness recomenda é realizar uma coisa de cada vez, com a máxima dedicação e prestando o máximo de atenção. O objetivo da prática é desviar a energia da mente para o momento presente. Afinal, muitas vezes enquanto fazemos algo, nossos pensamentos estão em coisas que não estão ali e não controlamos.

Mas, e o que a higiene bucal tem a ver com isso? Bem, quem nunca escovou os dentes pensando em uma reunião importante, na lista do supermercado que precisa ser feita ou algo que precisa ser dito a alguém que não está ali. Esse desvio de atenção, no entanto, é o que faz com que a higiene bucal de muita gente seja deficiente, mesmo escovando os dentes todos os dias!

Para saber mais sobre mindfulness e higiene bucal, vale a pena conferir!

O que é mindufulness?

Muita gente confunde mindfulness com meditação. Porém, essa técnica não deixe de ser uma forma de meditar, ela se preocupa com o foco em total tarefas práticas, enquanto as demais técnicas de meditação buscam mais aquietar a mente através de respirações, visualizações e outras técnicas. A ideia do mindufulness é realmente libertar-se desses pensamentos que nos tiram a atenção do aqui e agora, enquanto realizamos qualquer tarefa do dia a dia.

Criado pelo professor Jon Kabat Zinn, da Universidade do Massachusetts nos EUA, a técnica foi desenvolvida para controlar o estresse de pacientes que sofriam de doenças crônicas. Ao contrário de muitas linhas de meditação, no entanto, o mindfulness não possui qualquer relação religiosa e busca apenas tirar a pessoa do famoso “piloto automático”.

Mindfulness e higiene bucal

Sempre que um problema bucal é identificado, é comum ouvir dos pacientes, “Mas eu escovo os dentes todos os dias!”. No entanto, escovar os dentes é uma atividade tão cotidiana que muitos pacientes não dão a devida atenção tanto à própria escovação, como os demais rituais, como o uso do fio, por exemplo.

Há pacientes que levam menos de um minuto para escovar os dentes. E tanta rapidez, naturalmente, prejudica uma limpeza completa de toda boca. Mais do que demorar horas, no entanto, o ideal é ter atenção nos movimentos e se focar em escovar toda a arcada.

Como já explicamos aqui, os movimentos devem ser feitos de cima para baixo, ou seja, da gengiva para baixo. Também é importante que a escova massageie a gengiva, por isso é importante usar uma que tenha as cerdas ultra macias.

Prestar a atenção na escovação pode parecer algo sem sentido para muita gente, mas é exatamente esse tipo de cuidado que elimina uma série de doenças bucais e garante um belo sorriso. Como a escovação faz parte do dia a dia, muita gente acaba fazendo a higiene no piloto automático, sem o devido cuidado.

Escovar os dentes é um hábito que garante a saúde bucal, mas também pode ajudar na saúde mental, já que é possível levar os conceitos do mindfulness para essa prática. Quem pratica a atenção plena, além de manter a ansiedade sob controle, minimiza o estresse e melhora a produtividade. Afinal, quanta energia não é gasta em pensamentos sobre coisas que não estão no nosso controle, não é mesmo?

E, então, que tal praticar a escovação e os cuidados com a saúde bucal de forma mais presente? O sorriso e a mente tranquila agradecem!

Gostou dessas dicas? Descubra também como escolher a melhor escova de dentes para você! Clique aqui e saiba mais!

Quer saber mais sobre a Dentalprev? Visite o nosso site.