Você com certeza está em dia com a sua saúde bucal. Já tem preferência por escova de dente macia, sabe da importância do uso do fio dental e o tem como aliado na escovação diária. Mas e o creme dental, também conhecido como pasta de dente, você sabe qual a importância dele na limpeza dos dentes? Sabe como usa e como escolher entre as tantas existentes no mercado? Confira o post a seguir.

Creme dental

É possível encontrar diferentes marcas, texturas, cores e propagandas a respeito das pastas de dente. Porém, lembre-se que por mais opções que existam, o objetivo e o resultado serão sempre o mesmo: limpeza, frescor, boca e dentes saudáveis.

Importância

Junto com a escova dentária, que atua limpando mecanicamente os dentes (por meio do atrito e do contato com a superfície), e com o fio dental, que remove impurezas profundas presentes na gengiva, o creme dental também limpa e age quimicamente sobre as restaurações, próteses e dentes, além de combater o mau hálito.

Sabendo de sua utilidade e da grande quantidade de variáveis disponíveis, é importante saber como escolher o que satisfará seu gosto e suas necessidades.

Veja dicas importantes que lhe auxiliarão na escolha e no modo de usar.

Passo a passo para uma saúde bucal completa creme dentalDicas de como escolher o creme dental

1 – Componente mais importante é o flúor

Na composição de qualquer tipo ou marca de pasta de dente, o principal ingrediente que se deve procurar é o flúor. Este componente é responsável por devolver minerais do dente que possam ter sido perdidos por conta da alimentação ou hábitos deletérios, fortalecendo o dente e evitando as cáries.

Crianças menores de seis anos de idade, por ainda não saberem cuspir e correr risco de engolir o produto, devem utilizar cremes dentais sem flúor.

2 – Nível de abrasividade médio

O abrasivo promove microabrasão, de fato auxiliando a limpeza do dente. Porém, em excesso, também acaba por riscar e deixar a superfície dentária rugosa, pigmentando-a. Às vezes, também machuca a gengiva. Neste caso, descarte seu uso. Consulte seu dentista que saberá lhe orientar.

3 – Creme dental específico para dentes sensíveis

Dente sensível é sinal de exposição de raiz (parte do dente que fica no osso e gengiva). Acontece, pois pequenos canalículos ficam expostos ligando nervo ao meio externo e, por isso, sujeitos às agressões como calor, frio ou pressão, provocando dor.

Pastas de dentes específicas com compostos químicos apropriados para estes casos irão fechar estas entradas amenizando a sensibilidade.

4 – Creme dental junto com escova dental

A pasta de dente sozinha não é eficiente. Mesmo que a verdadeira responsável pela remoção da placa bacteriana seja a escova, o creme dental irá servir de coadjuvante. Além disso, é comprovada cientificamente sua importância para garantir a limpeza e o polimento dental.

Mesmo assim, não se esqueça: A escova, pasta de dente e o fio dental, juntos, são imprescindíveis para manter a saúde bucal.

5 – Quantidade de creme dental na escova

Muito creme dental resulta em muita espuma, o que dificulta a visualização para correta escovação dos dentes. O ideal é usar a pasta de dente em pequenas quantidades. O tamanho de uma ervilha é suficiente. Não exagere.

Na dúvida, consulte seu dentista. Ele saberá qual o produto ideal e qual pasta apresenta os componentes que atenderão suas necessidades, indicando o melhor creme dental para você.

Como você costumava escolher sua pasta de dente? Passará a usar nossas dicas? Compartilhe sua experiência nos comentários.