O uso do aparelho ortodôntico é muito importante não só para fins estéticos, mas também para a saúde e o bem-estar das pessoas. Dentes precisando de correção podem atrapalhar na alimentação, causar desconforto e até prejudicar a respiração de quem precisa de um aparelho. Mas, afinal de contas, como saber se você é uma dessas pessoas que precisa da correção ortodôntica? Temos aqui algumas dicas que podem ajudar a descobrir.

APARELHO ORTODÔNTICO DENTAL ORTODONTIA

Acho que eu preciso de aparelho ortodôntico

Encontrar os sinais da necessidade do aparelho pode parecer fácil, mas é necessário ter atenção aos detalhes. Os casos mais comuns são percebidos na mordida.

Em alguns exemplos, fica mais visível na própria estética da pessoa, como nos casos de mordida cruzada anterior, problema que faz com que os dentes frontais de baixo fiquem à frente dos de cima, tornando nítida a necessidade do aparelho. Na mordida cruzada posterior acontece a mesma coisa, mas são os dentes frontais superiores que ficam muito projetados, também deixando claro que a pessoa precisa de tratamento. Outro bom exemplo é a mordida aberta que, como o nome sugere, faz com que a pessoa não consiga fechar a boca completamente porque os dentes não se encaixam com perfeição.

Mas há os casos mais difíceis de serem percebidos porque eles não impactam necessariamente na estética quando a boca está fechada. Por exemplo, quando você fecha a boca e seus dentes superiores do fundo ficam exatamente em cima dos inferiores, sem se encaixar confortavelmente. Pode ser um caso de mordida profunda, ou sobremordida.

Outro exemplo comum, que aparece com a boca aberta, é o diastema. Trata-se de um espaço irregular entre os dentes. Esse é um problema que acabou se popularizando bastante porque a Madonna tinha essa característica, considerada um charme por alguns de seus fãs, mas pode ser um problema ortodôntico sério em casos mais graves.

Por fim, temos os famosos “dentes encavalados”. Um termo mais correto para isso é apinhamento. Simplificando, é meio que o oposto do diastema, é quando os dentes não têm espaço suficiente e crescem de maneira desalinhada, às vezes com um se sobrepondo ao outro. Alguns casos são mais difíceis de perceber, mas em problemas mais sérios fica esteticamente bem visível.

Quando o problema é na gente fica mais fácil de notar porque sentimos nossas próprias mordidas quando fechamos a boca. Mas como averiguar se uma criança precisa de aparelho?

Acho que meu filho precisa de aparelho ortodôntico

Nas crianças, nem sempre o problema é esteticamente perceptível, como dentes apinhados, diastemas ou mordidas cruzadas. Por isso é importante atentar para características do dia a dia dos pequenos.

Atente para essas perguntas e, dependendo das respostas, procure um ortodontista!

  • Como é a respiração da criança? Faz barulho? Ele (ou ela) respira de boca aberta?
  • A criança passa muito tempo de boca aberta?
  • Como vai a alimentação do pequeno? (sem contar as ocasionais birras por causa da comida, né?)
  • Ele ronca ou baba muito enquanto dorme?

Se uma ou mais perguntas receberam um “sim” como resposta, talvez seja bom visitar um ortodontista.

Outra coisa importante é o uso de mamadeiras e chupetas que muitas vezes causam problemas na dentição da criança. Se seu filho sempre fez uso desses objetos, pode ser uma boa levá-lo a um especialista pra ver se está tudo certo.

Sempre procure um profissional

Nesse post oferecemos apenas um guia simples dos problemas comuns que podem indicar a necessidade de um aparelho ortodôntico, mas nada se compara à opinião de um ortodontista profissional. Se você tiver algumas dessas características ou ainda está em dúvida, visite um especialista, afinal, com saúde não se brinca!

Esse post lhe ajudou? Como são seus dentes? Comente e participe da discussão!

APARELHO ORTODÔNTICO ORTODONTIA