Higienizar os dentes em casa diariamente deve se tornar um hábito para todos. Com certeza, você faz sua escovação com pasta de dente, escova macia e fio dental, certo? Mas sabia que existe uma limpeza que pode ser feita de maneira mais completa e profunda por um dentista? Esta limpeza feita em consultório pelo profissional se chama profilaxia. Vamos entender melhor? Confira no post abaixo.

Limpeza caseira x profilaxia

Toda limpeza e higienização dentária têm como objetivo a prevenção contra doenças bucais, como gengivite (inflamação e sangramento da gengiva) e cárie.

A realizada em casa pelo próprio paciente, quando de maneira correta e disciplinada, é excelente e o resultado muito importante. Porém, quando feita por um dentista (profilaxia), são utilizados produtos de uso restrito aos consultórios odontológicos. Outra importante vantagem é o acompanhamento de um profissional, o que significa que sua saúde bucal estará em dia.

profilaxia - ebookO que a profilaxia tem de diferente da limpeza feita em casa?

A limpeza dentária feita com um cirurgião dentista é mais completa e profunda, quando comparada com a limpeza feita em casa. O profissional limpa dente por dente e seus arredores de forma individualizada. A profilaxia é feita com produtos, aparelhos e instrumentais específicos para a manipulação profissional.

Além disso, o dentista vai avaliar e acompanhar todos os processos que ocorrem na sua boca. Caso encontre uma suspeita de cárie ou problemas com alguma restauração ou prótese antiga, por exemplo, você será informado e prontamente encaminhado para tratamento.

Como é realizada a profilaxia?

Primeiramente é feita uma raspagem de tártaro, também chamada de tartarectomia, uma vez que a escovação e fio dental apenas não são mais suficientes para sua remoção. Esta tartarectomia é feita com o uso de um aparelho chamado ultrassom e também com curetas.

Após a raspagem completa de todos os dentes, em alguns casos, é também realizado o polimento dentário que serve para remover placa bacteriana, prevenindo e protegendo os dentes de cárie; e sua gengiva e boca de inflamações e infecções indesejáveis. É feita com jato de água, ar e bicarbonato.

Em seguida, aplica-se o flúor em gel que deixará a sensação de frescor na boca, além de continuar agindo e protegendo seus dentes.

Cuidados após a profilaxia

O ideal é aguardar de uma a duas horas para beber ou se alimentar novamente. Isto porque, como já foi dito anteriormente, o produto do flúor continuará atuando por mais tempo para que se incorpore nos dentes.

A profilaxia não substitui os cuidados com a higiene bucal feita em casa diariamente. Portanto o uso da escova, pasta de dente e fio dental deve continuar após cada refeição.

Quem definirá a frequência com que a profilaxia deverá ser realizada é o seu dentista. Esta frequência poderá ser de três em três meses, de seis em seis meses, e alguns casos, uma vez por ano.

E você? Faz sua profilaxia com que frequência? Tem consultado seu dentista? Se ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário.