Dente quebrado nossos planosApesar de todas as informações já divulgadas, muitas dúvidas ainda existem em torno dos terceiros molares, chamados também de dente siso ou dente do juízo. A pergunta mais comum feita atualmente, acreditem, não é mais quanto à cirurgia ou dor, mas sim sobre a necessidade ou não de se extrair estes dentes. Isto ocorre porque cada dentista tem uma opinião diferente sobre o assunto. No post de hoje, iremos lhe orientar quanto às corretas indicações, confira!

É preciso mesmo extrair o dente siso?

Não, não é. O único que poderá lhe orientar e definir se seu caso precisa mesmo de extração dos sisos é o seu dentista. O profissional irá, clinicamente e por meio de radiografias, avaliar, por exemplo, se dói, a posição do dente, se ele está presente ou não, se aquele dente siso está tendo função ou corre risco de cariar, o custo-benefício do procedimento e se lhe trará problemas futuros. Por isso, não é regra que todos tenham que extrair seus sisos, varia muito de caso para caso.

Quando então está indicado extrair?

Dor

A dor costuma ocorrer principalmente quando a gengiva em volta do dente que está erupcionando (nascendo) está inflamada. Neste caso, está indicada a extração do ou dos dentes sisos. Às vezes, porém, é possível reverter à inflamação e acabar com a dor, sem necessariamente extrair o dente, neste caso, consulte seu dentista.

Caso seja necessária a extração, escolhi o post Como não inchar depois de uma extração do dente siso? para te ajudar no pós operatório e aproveitar comendo muito sorvete

Dente erupcionado, mas mal posicionado

Quando um ou mais dentes sisos estão erupcionados na arcada, mas por falta de espaço estão mal posicionados, como por exemplo, inclinado para frente, para trás ou deitado para os lados, às vezes também, parcialmente irrompido, deve-se avaliar para extração.

Dente erupcionado, mas em posição de difícil higienização

Principalmente nos casos de dentes que irromperam de forma parcial, ou seja, que não aparecem por inteiro ou de forma que ficaram em um nível mais baixo que os demais dentes, sendo de difícil acesso e visualização para escovação, deve-se avaliar para extração.

Dente siso erupcionado e cariado

Dente ou dentes siso que, justamente por estarem mal posicionados, dificultam sua higienização ou mesmo bem posicionados, mas que estejam com cárie ativa presente, deve ser avaliado para extração.

evitar cáries - ebook passo

Dente erupcionado sem função

Quando apenas um dos dentes sisos está aparecendo totalmente na boca, mas não possui contato com o seu dente antagonista que chama, quando o de cima toca com o seu respectivo dente debaixo, e vice-versa, tanto por conta de extração ou por não ter desenvolvido mesmo o outro dente, ele se encontra sem função mastigatória, devendo ser extraído.

Quando não está indicado extrair?

Quando os dentes estiverem erupcionados, bem posicionados, sem cáries, de fácil higienização e com função mastigatória, ou seja, quando o siso de cima tem contato com o siso debaixo, e vice-versa, não há necessidade de extrai-los.

E dentes sisos presentes, mas não erupcionados na boca?

Em casos de dente siso que ainda não erupcionou, ou seja, que não nasceu e não apareceu na arcada ou que está incluso ou impactado dentro do osso e gengiva, que é quando se encontra muito deitado, mal posicionado, ou “preso” e impedido de erupcionar pelo dente vizinho, uma criteriosa avaliação deverá ser feita pelo seu dentista. Se a radiografia acusar alguma lesão em volta do dente, deve ser imediatamente extraído. Se não, um acompanhamento periódico pelo profissional poderá e deverá ser feito.

Operou e quer saber o que fazer? Acesse nosso post aqui para saber como não inchar após uma extração do dente siso!

E você, decidiu se vai extrair seu dente siso? Marque uma avaliação com o dentista e tire suas dúvidas. Aproveite e confira que a Dentalprev oferece planos facilitados para você e toda a sua família.