Para alguns  extrair o siso é um episódio traumático. Para outros, o inchaço e os incômodos decorrentes da cirurgia são sentidos apenas nos primeiros dias. Dependendo do quadro do paciente, sua sensibilidade e o posicionamento do dente, o pós-operatório pode ser menos ou mais complicado. Porém, mesmo nos quadros mais simples, todos os pacientes precisam lidar com o inchaço.

Para saber como diminuir a inflamação e diminuir os incômodos do inchaço, confira algumas dicas que separamos! Vai tirar o siso? Então, não deixe de conferir!

Aposte em uma dieta líquida e fria

Nos primeiros sete dias após a cirurgia, o ideal é que o paciente se alimente apenas de líquidos. Isso ajudará no processo de cicatrização. Nos primeiros três dias, também é recomendado que os líquidos sejam frios, para ajudar a diminuição do inchaço e do desconforto.

Porém, nada de passar sete dias tomando sorvete! O ideal é manter uma alimentação saudável, priorizando sucos e sopas, a fim de manter o sistema imunológico reforçado.

Não deixe de tomar a medicação

Após uma cirurgia para a extrair siso, o cirurgião dentista poderá prescrever analgésicos e também anti-inflamatórios. É muito importante que o paciente siga as recomendações do seu dentista, especialmente no que se refere ao prazo para tomar a medicação. Caso as dores não sejam minimizadas com a medicação, o ideal é procurar o cirurgião dentista que poderá trocar os medicamentos a fim de diminuir o desconforto.

Para evitar infecções também é comum que os médicos recomendem alguns enxaguantes bucais específicos, evitando que a higiene bucal seja prejudicada.

Não deixe de escovar os dentes

Mesmo com os sisos extraídos é fundamental não descuidar da higiene bucal. Nos primeiros dias, o ideal é fazer uma higienização com escovas de cerdas macias e evitar o contato da escova com a área onde houve a extração.

Caso utilize algum enxaguante bucal comum, pergunte ao dentista sobre a possibilidade de utilizá-lo. Em geral, para esses casos recomenda-se o uso de enxaguantes específicos, que não contenham substâncias que podem ser agressivas à área da extração.

Compressas de gelo são ótimas!

Dependendo do tipo da cirurgia e da maneira como o siso estava posicionado, o paciente pode experimentar menos ou mais inchaço após a cirurgia. Ao inchar, a medida mais eficiente é fazer compressas geladas por 10 minutos, a cada 20 minutos. Isso além de dar uma leve anestesiada na dor, ajuda a diminuir bastante o inchaço.

Não consegue abrir a boca? Repouso, compressas e paciência!

Alguns pacientes após a cirurgia ficam com dificuldades de abrir a boca. Esse fenômeno chamado de trismo muscular ocorre em razão do próprio inchaço dos músculos, que impedem a abertura completa da boca.

Em situações como essa, os músculos irão desinchar e o paciente poderá abrir e fechar a boca normalmente.  Esse processo costuma se dar juntamente com a cicatrização.

Como se trata de uma situação transitória, o paciente precisará ter uma dose extra de paciência, tomar os medicamentos e fazer o repouso necessário. Para não ter o processo de higiene prejudicado, por conta da falta de abertura da boca, o ideal é usar enxaguantes bucais específicos.