Para quem retirou um dente do siso, realizou algum tratamento de canal, ou mesmo, passou por algum tipo de cirurgia, provavelmente deve ter tomado alguns comprimidos de Tylenol para aliviar as dores. Esse analgésico bastante popular, cujo princípio ativo é o paracetamol, é bastante eficiente para minimizar o desconforto da dor, além de ter poucos riscos de efeitos colaterais.

Apesar de seguro, o Tylenol não deve ser tomado de forma indiscriminada pelo paciente que apresenta dor de dente. O ideal é sempre consultar seu dentista, especialmente se a dor persiste por vários dias.

Para entender como funciona o Tylenol, quando tomar e porque ele pode ser um remédio bastante eficaz no caso da dor de dente, continua acompanhando.

Dor de dente, e agora?

As dores de dente podem ter inúmeros motivos. Por isso, antes mesmo de se dirigir à farmácia para comprar qualquer tipo de analgésico, o ideal é fazer uma visita ao dentista.

O Tylenol, assim como outros remédios à base de paracetamol, não necessita de receita para serem comprados. O que não significa que no caso de dor, o paciente deve se automedicar. No caso de grávidas, alérgicos e outros casos específicos o paracetamol não é o mais indicado. Além disso, a automedicação pode acabar agravando o quadro do problema e prejudicando o tratamento.

Por isso, mesmo que a dor não seja intensa, sempre vale consultar seu dentista para identificar o real problema, seus motivos e buscar o tratamento adequado.

Para que serve o Tylenol?

O Tylenol é um analgésico. Isso significa que ele é utilizado basicamente para dor e febre. Em casos de inflamação, portanto, outros medicamentos são mais indicados.

O Tylenol age diretamente no sistema nervoso, impedindo a produção das substâncias que dão origem à dor. O remédio age de forma que o corpo não reconheça a dor, minimizando assim o desconforto.

Problemas bucais e Tylenol

O Tylenol é um medicamento bastante indicado para dores decorrentes de pequenas intervenções cirúrgicas realizadas na boca e dentes. Retirada do siso e tratamento de canal são as principais delas. Além disso, ele pode ser bastante recomendado para dores mais comuns, decorrentes de uma gengivite, por exemplo.

É importante, no entanto, que em todos os casos o medicamento seja recomendado pelo dentista.

Uso e contraindicações

O paracetamol pode ser encontrado tanto na forma de comprimidos quanto em gotas. A dosagem depende do peso e da faixa etária do paciente. Porém, pode variar conforme o tipo de tratamento e a gravidade do caso.

Assim como qualquer outro medicamento, o paracetamol não deve ser ingerido com bebidas alcóolicas. Pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula também não devem utilizá-lo.

Por fim, grávidas ou mulheres que estejam amamentando devem fazer o uso do paracetamol apenas quando existir indicação médica.

O Tylenol é um medicamento barato e facilmente encontrado em qualquer farmácia. Porém, mesmo assim, deve ser utilizado somente quando indicado por um profissional.