Se você cuidar dos seus dentes de maneira correta, eles podem durar a vida inteira, sabia? Independentemente da idade, seja você criança ou idoso, é possível ter dentes e gengivas saudáveis. Para isso basta ter alguns cuidados diários, consultar um dentista regularmente e manter uma vida saudável. Mas alguns cuidados bucais são específicos para quando a terceira idade chega. Quer saber quais são eles? Continue e a leitura!

Saúde bucal na terceira idade 

Mesmo quem escova os dentes e faz uso do fio dental de maneira correta pode ter algum tipo de problema bucal. As cáries e os problemas de raíz são muito comuns em pessoas que estão na terceira idade. Sendo assim, é extremamente importante escovar os dentes com um creme dental que contenha flúor em sua composição, usar fio dental diariamente e claro, não deixar de ir ao dentista.

saúde bucal dos idososSensibilidade dentária

Uma queixa bem comum na terceira idade é a sensibilidade dentária. Com o passar do tempo, a gengiva se retrai, expondo áreas dos dentes antes protegidas por esmalte dentário. Essas áreas podem se tornar extremamente doloridas quando em contato com alimentos quentes ou frios, e, em casos mais extremos, alimentos amargos e doces também podem ocasionar sensibilidade.

É necessário fazer uso de um creme dental apropriado e, caso o problema continue, consultar um dentista que poderá indicar a existência de algo mais sério, como uma cárie ou um dente fraturado, por exemplo.

Boca seca pode ser facilmente resolvida

Outra grande queixa das pessoas idosas é boca seca. Esse tipo de distúrbio pode ocorrer devido a ação de medicamentos ou então por problemas de saúde. Se não tratada, a boca seca pode prejudicar os dentes. Uma visita ao dentista é o suficiente para resolver o problema, pois será possível utilizar métodos para umedecer a boca através de tratamentos ou então remédios adequados.

Enfermidades pré-existentes devem ser avisadas

Diabetes, problemas cardíacos e osteoporose são algumas das enfermidades que acometem pessoas na terceira idade. É necessário sempre avisar seu dentista sobre a existência dessas doenças. O diabetes pode tornar a boca mais seca, a saúde do coração está diretamente relacionada com a saúde bucal, e a osteoporose pode prejudicar a fixação de implantes e até mesmo a manutenção da dentição definitiva. Portanto, não se deve esconder nada do dentista.

Dentaduras necessitam de cuidados 

As dentaduras facilitam muito a vida das pessoas que estão na terceira idade, mas exigem cuidados especiais. É necessário seguir de forma rigorosa as instruções de seu dentista e, se ocorrer algum tipo de problema, marque uma consulta imediatamente. Quem utiliza dentadura deve fazer um exame bucal geral ao menos uma vez por ano.

Gengivas precisam de atenção

A gengivite é um problema que afeta basicamente pessoas de todas as idades. Porém, pode se tornar muito mais grave em pessoas com idades superiores aos 50 anos. Os fatores que contribuem para agravar a gengivite são:

  •          Higiene bucal inadequada/ineficaz;
  •          Má alimentação;
  •          Doenças pré-existentes, como diabetes, problemas cardíacos e câncer;
  •          Estresse;
  •          Fumo;
  •          Utilização de medicamentos.

As doenças de gengiva são reversíveis em seus primeiros estágios. Por isso, é importante diagnosticá-las o mais cedo possível. Consultas periódicas ao dentista garantem diagnóstico e tratamento precoces.

Pessoas na terceira idade precisam de maior atenção e mais cuidados odontológicos, não por possuírem uma idade avançada, mas por serem mais sensíveis e susceptíveis à possíveis problemas de saúde bucal. Não se esqueça, independentemente de sua idade, cuide bem da saúde de sua boca.

Gostou do texto? Compartilhe! Faça com que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo de qualidade.