cáriesDepois de provar uma bebida bem quente ou um sorvete bem gelado, você sente aquela dorzinha nos dentes? Cuidado, pode ser que você esteja com cárie. A hipersensibilidade dos dentes é um dos sintomas associados às cáries, assim como as dores nos dentes, o escurecimento e até o aparecimento de pequenos orifícios escuros. Uma vez constatada, a cárie deve ser rapidamente tratada, já que pode evoluir para quadros mais graves, demandando tratamentos mais complexos. Por isso, nada de fugir do dentista! O tratamento das cáries pode ser simples e pouco dolorido, porém quando o problema se agrava o paciente pode ter surpresas bem desagradáveis.

Por que as cáries surgem?

As cáries são uma deterioração do tecido dos dentes, causada pela ação das bactérias presentes na boca. O seu aparecimento está diretamente ligado ao estilo de vida e aos hábitos do paciente, principalmente com relação à higiene bucal. Toda vez que não realizados a correta escovação dos dentes, os restos de alimento influenciam diretamente na ação dessas bactérias, que acabam corroendo o esmalte do dente e prejudicando a polpa. Por isso, uma boa escovação acompanhada do uso do fio dental é essencial para evitar as cáries. Além disso, evitar alimentos açucarados, beber muita água e utilizar o flúor podem contribuir para proteger os dentes.

Muitos sintomas das cáries são imperceptíveis e somente os dentistas são capazes de identificar a presença delas nos dentes. Por isso, é necessário visitar estes profissionais regulamente ou no mínimo, duas vezes ao ano.

Como é o tratamento?

Durante a visita ao dentista, ele será capaz de identificar a presença de pequenos orifícios e pontos de sensibilidade. Após identificada a cárie, o dentista poderá promover o banho de flúor para os casos mais simples, evitando que o quadro seja agravado.

Quando existe a presença do orifício, é necessário remover toda a parte danificada dos dentes. Muitos pacientes reclamam porque, muitas vezes, um simples furinho se transformará em um enorme buraco! Isso acontece porque em muitos casos as bactérias agem de modo mais profundo atingindo as partes internas do dente.

Após a remoção da camada deteriorada, o dentista preencherá o orifício com resina, porcelana ou ligas de metal, permitindo assim a restauração completa dos dentes.

Quando a cárie já atinge a polpa do dente provocando uma infecção, é necessário que o dentista promova o tratamento de canal, removendo toda a parte interna dos dentes antes de fazer a restauração. Em alguns casos, após o preenchimento é necessário sustentar o dente com uma coroa.

O tratamento de canal pode ser um pouco dolorido e em casos muito extremos, é necessária a remoção dos dentes. Quando a polpa do dente é removida, o paciente perde a sensibilidade no dente deteriorado e em alguns casos, durante o tratamento algumas incisões na gengiva também são necessárias.

A visita ao dentista e os bons hábitos de higiene bucal são essenciais para evitar as cáries. Com cuidados diários, é possível garantir um sorriso muito mais bonito e, sem dúvidas, bem mais saudável.

Gostou desse post? Então conte para nós nos comentários o que você faz para evitar a cárie! A DentalPrev conta com planos que podem ajudá-lo a conquistar um sorriso bonito e saudável com uma equipe de profissionais altamente qualificados em odontologia.