Como escolher a melhor escova de dentes para você?

Quem nunca entrou em um supermercado ou uma farmácia e se deparou com a seguinte dúvida: “E, agora? Qual escova de dentes escolher?”. São tantas as opções que muita gente fica perdida na hora da escolha da escova de dentes. Se você tem dúvidas sobre como achar o modelo ideal para você, vale a pena conferir!

Qual a importância da escolha da escova de dentes

Muita gente acredita que escovas de dente são todas iguais. Porém, não são! Dependendo do tipo de gengiva, tamanho da boca e até das necessidades do indivíduo, alguns modelos são mais recomendados. A escolha do modelo errado pode prejudicar a correta higienização e até gerar a retração gengival, um problema cada dia mais comum nos consultórios odontológicos.

Para fazer a escolha da escova de dentes certa, é essencial ficar atento à alguns detalhes!

Cerdas

As cerdas são responsáveis pela remoção de toda sujeira entre os dentes. Para gengivas e dentes mais sensíveis, o ideal é optar pelas cerdas mais macias, que removem a placa bacteriana sem agredir.

Já quem faz o uso de próteses ou implantes, a lógica é outra. Nesses casos, é preciso optar por modelos com cerdas mais duras para fazer a correta higienização.

Vale destacar que, quanto maior o número das cerdas, mais eficiente é a escova, por isso, busque os modelos com cerdas abundantes.

Cerdas extremamente duras devem sempre ser evitadas, mesmo para quem tem próteses. Muitas pessoas acabam optando por esse modelo de escova pois acreditam que ela é capaz de promover uma limpeza mais eficiente. No entanto, na maioria dos casos, esse tipo de escova acaba trazendo consequências negativas, como é o caso da retração gengival, um problema cada dia mais comum nos consultórios.

Antes de colocar a escova no carrinho, portanto, fique de olho nas cerdas!

Formato da cabeça

A escolha da escova de dentes correta também passa pela análise do formato da cabeça. Para quem tem os dentes do siso, ou mesmo, possuem uma abertura da boca limitada, os modelos mais indicados são aqueles de cabeça pequena e mais arredondada. Os modelos de cabeça pequena são quase sempre os mais indicados, pois conseguem chegar até o fundo da boca, proporcionando uma limpeza mais completa.

Tipo do cabo

Embora o tamanho do cabo das escovas seja padrão, o tipo de cabo de escovas de dentes para crianças e adultos é diferente. É mais difícil encontrar um adulto escovando com uma escova para crianças, mas o contrário não é tanto.

Para os pequenos é fundamental investir no tipo de escova correta, sempre com o cabo mais curto. Esse tipo de anatomia favorece na pega e ajuda que a higienização seja feita de forma adequada.

[Está difícil estimular os pequenos a escovar os dentes? Confira nossas dicas!]

Aparelho fixo

Quem usa aparelho fixo também precisa ficar de olho na hora de fazer a escolha da escova de dentes. O ideal é buscar a escova ortodôntica, que conta com cerdas em formato de “v”. Esse tipo de escova facilita a limpeza entre os arcos e bráquetes, promovendo resultados melhores em termos de higienização.

Necessidades especiais

Por fim, a escova elétrica é uma ótima opção para idosos, crianças ou pessoas com necessidades especiais. Para quem não tem tanta força nas mãos para promover a limpeza, a escova elétrica pode ajudar, sem comprometer a autonomia.

Escolher a escova ideal na maioria das vezes não é uma tarefa simples. Além dos diversos modelos existentes no mercado, nem sempre o paciente conhece suas reais necessidades. Contar com a ajuda do seu dentista para encontrar a escova ideal para você é uma ótima dica! Nada mais certeiro do que pedir o auxílio de quem conhece seu sorriso de perto!

Gostou dessas dicas? Então, não deixe de conferir essas dicas para escovar os dentes com aparelho fixo! Clique aqui e saiba mais!