As consultas com o dentista são indispensáveis para manter um sorriso bonito e a saúde bucal em dia. Mas com que frequência este profissional deve ser visitado? Antes de responder a esta pergunta, é importante avaliar cada caso individualmente. Quem usa aparelho, por exemplo, precisa marcar consultas com mais frequência. Já quem vai ao dentista apenas para fazer check-up e para garantir que está tudo bem com os dentes e com as gengivas, pode fazer menos visitas ao dentista. De modo geral, são necessárias pelo menos duas consultas anuais. Saiba mais sobre o assunto!

De quanto em quanto tempo ir ao dentista

Existem muitos bons motivos para manter as visitas à clínica odontológica em dia. Os exames feitos durante a consulta ajudam a prevenir problemas bucais comuns, como a cárie, e doenças mais graves, como o câncer de boca. Esta também é uma oportunidade de fazer uma limpeza completa, processo que faz uma higiene profunda nos dentes. Além disso, o dentista consegue avaliar se a escovação está sendo feita adequadamente ou se é necessário algum cuidado especial na limpeza dental.

Para manter esse exame oral em dia, é recomendado que seja feita uma consulta a cada seis meses, para quem tem dentes saudáveis. Aproveite estas visitas para tirar todas as suas dúvidas com o dentista sobre os cuidados com os dentes. Além deste check-up, também é indicado fazer um exame raio X anual, para verificar como estão as raízes dos dentes, as gengivas e os ossos da boca.

Esta mesma frequência pode ser seguida pelas crianças: duas visitas ao ano para realizar exames completos. Mas, dependendo dos hábitos alimentares, pode ser necessário aumentar o número de consultas. Se seus filhos comem muitos doces, por exemplo, correm mais risco de ter cáries, nesse caso, uma visita a cada quatro meses pode ser mais eficaz na prevenção de problemas orais.

Casos especiais

Mas e quem apresenta problemas como tártaro ou gengivite? E quando é necessário fazer um tratamento para solucionar o problema? Estes são casos específicos e, por isso, a frequência das visitas deve seguir a recomendação do dentista. Quem fuma ou consome bebidas alcoólicas regularmente também precisa conversar com o odontologista sobre o número ideal de consultas. Estes são hábitos que prejudicam a saúde dos dentes – aumentam as chances do paciente apresentar câncer bucal, por exemplo – portanto, requerem maior cuidado.

Outra situação que exige mais idas à clínica de odontologia é o uso do aparelho dental. São necessárias consultas regulares, para verificar como está a limpeza do aparelho e da boca, para realizar manutenções e para analisar a posição dos dentes. Além disso, é necessário garantir que não há nada quebrado ou torto, para que o tratamento seja eficiente. Nesse caso, o ideal é uma visita mensal.

Para assegurar que você e sua família recebam o tratamento oral adequado, invista em um bom plano odontológico que possua uma rede credenciada. Assim, é mais fácil e econômico manter as consultas em dia!

Com que frequência você visita o seu dentista? Compartilhe sua experiência nos comentários.