Quanto custa um tratamento de canal?

Embora seja muito comum, o tratamento de canal costuma ser um dos mais temidos pelos pacientes, seja pela dor na boca, seja pela dor no bolso, muitos se perguntam, quanto custa um tratamento de canal. Mas cuidar da saúde bucal é fundamental e esse cuidado não pode ser deixado de lado, já que adiar a ida ao dentista pode ser muito pior, como já tratamos aqui. Um canal infeccionado que não recebe tratamento adequado pode se transformar em um problema grave e acabar saindo muito mais caro! Quer saber como é feito e quanto custa um tratamento de canal? Continue acompanhando esse post! O que é o tratamento de canal? Já conversamos sobre algumas situações que podem tornar o tratamento de canal necessário nesse post. No entanto, nunca é demais destacar os motivos que levam ao tratamento de canal. Uma cárie dentária profunda, um trauma ou mesmo uma fratura nos dentes podem promover uma

Como lidar com a dor envolvida no tratamento de canal

Como já explicamos aqui no blog, o tratamento de canal é necessário sempre que existir uma infecção na polpa do dente. Cáries profundas, trincas ou fraturas, facilitam a ação de bactérias provocando uma inflamação, e até mesmo a morte deste tecido nos casos mais graves. A polpa do dente que causa sensibilidade, existe muita dor envolvida no tratamento de canal. Além disso, o paciente também pode experimentar episódios de inchaço e mudança na coloração original dos dentes. Após o tratamento, que consiste na remoção da polpa, o ideal é que a dor vá diminuindo de forma gradual. Porém, em alguns casos, isso pode não acontecer. A dor envolvida em um tratamento de canal que persiste pode ter vários motivos. No post de hoje, você vai entender quais são e porque isso acontece. Confira! Dor após o tratamento de canal A dor envolvida em um tratamento de canal deve passar, de forma

Conheça o passo a passo de um tratamento de canal

Cáries profundas, fraturas ou trincas nos dentes facilitam a penetração de bactérias que podem infeccionar a polpa, tornando necessário o tratamento de canal. Traumas também podem afetar esse tecido, promovendo a degeneração avançada, ou seja, a morte da polpa, fazendo com que o dentista precise removê-la. A polpa do dente é o que causa a sensibilidade, por isso, esse tipo de infecção, além do inchaço e da mudança de coloração dos dentes, pode ser bastante dolorida. A endodontia é a área da odontologia responsável por tratar doenças e lesões que afetam a polpa dos dentes. Consequentemente, é o ramo que estuda as melhores técnicas para promover o tratamento de canal. Embora seja um tratamento muito comum na rotina dos consultórios, alguns pacientes temem que se trate e um “tratamento 3D”, ou seja: demorado, difícil e dolorido. Brincadeiras à parte, para tirar todas as dúvidas e também aliviar os medos, separamos

Tratamento de canal: quando e por que fazer?

A polpa dentária é o tecido mole localizado na parte interior dos dentes, contendo nervos, vasos sanguíneos e tecido conjuntivo. Esse tecido, que ocupa desde a coroa dentária até a ponta da raiz, quando é lesionado e infectado por bactérias, pode promover uma infecção, gerando muita dor e inchaço. Para tratar esse tipo de problema, o endodontista deverá fazer um tratamento de canal. O tratamento de canal nada mais é do que a retirada da polpa danificada e o preenchimento da cavidade com um material específico. A grande vantagem do tratamento de canal é a recuperação do dente, sem que seja necessária a extração, um processo bem mais dolorido e traumático para os pacientes. Embora o dente perca a sua sensibilidade, a parte externa é preservada, garantindo maior conforto estético ao paciente e preservando as funções do dente. O que é um tratamento de canal? Em geral, são necessárias de

O que é endodontia?

Seu dente está doendo e você procura um dentista, mas ele lhe encaminha para outro profissional, especialista em endodontia. Sabe por que ou o que é e o que faz essa especialidade? Se esta é sua dúvida, confira o post a seguir. Endodontia é uma das várias especialidades dentro da odontologia. Endo significa “dentro/interno”, e dontia é “dente”. Portanto, a endodontia visa tratar o dente internamente, curando lesões e doenças da polpa (o nervo) e da raiz do dente. Em suma, é o famoso e mais popularmente conhecido tratamento de canal. O dentista que após sua graduação se especializa e faz pós-graduação em endodontia passa a ser chamado de endodontista. Todos os dentistas são aptos a tratar uma dor de dente e um canal, porém é o endodontista que conhece mais profundamente sobre diversas técnicas e casos, apresentando um domínio e um conhecimento mais profundo, além de mais destreza e experiência sobre

Endodontia mecanizada: saiba os 3 principais erros que acontecem com os instrumentos endodônticos

A endodontia, área da Odontologia responsável pelo tratamento interno do dente (o famoso tratamento de canal) tem evoluído em relação aos seus instrumentais e técnicas. Infelizmente, porém, a tecnologia chamada de endodontia mecanizada não significa total segurança e previsibilidade na instrumentação, uma vez que ainda há erros que o profissional operador comete, transformando o tratamento endodôntico em incomodação e não solução. Para evitar esses equívocos e usufruir de melhor aproveitamento dos novos sistemas, acompanhe o post a seguir e saiba os 3 principais erros que acontecem com os instrumentos endodônticos. Endodontia Em casos de cáries profundas e de dente fraturado ou traumatizado que lesionou, necrosou ou inflamou de maneira irreversível o tecido pulpar (nervo), o mais indicado é procurar um dentista endodontista. O tratamento endodôntico, popularmente conhecido como tratamento de canal, visa curar o dente por dentro. Além de eliminar dor, sensibilidade e pus, a endodontia trata patologias ligadas à polpa,

Dor de dente: Descubra o que fazer? – Dentalprev

Você já sentiu dor de dente? Se sim, você sabe o quanto incomoda, não é mesmo? É uma dorzinha chata, que aparece quando a gente menos espera. Mas o que causa essa dor? O que fazer quando ela aparece? Como evitá-la? Hoje vamos falar um pouco sobre o assunto! A dor de dente pode variar de desconforto leve à dor muito intensa, podendo irradiar para maxilar, mandíbula, cabeça e ouvido. Costuma piorar quando comemos ou bebemos algo. Às vezes, pode ficar mais forte quando deitamos, pois há aumento da pressão sobre o dente. Em qualquer um dos casos, a visita ao dentista é fundamental. Os principais sinais e sintomas que aparecem nesse contexto são: dor ao mastigar, dor com alimentos muito quentes ou muito frios, maxilar inchado, sangramento na gengiva e inchaço em volta do dente. O que causa a dor de dente? A dor de dente pode ter várias origens! Uma

Como descobrir se preciso de tratamento de canal

A endodontia ou tratamento de canal é uma das ramificações da odontologia que trata as doenças e lesões que afetam a polpa (nervo) do dente. O tratamento de canal se faz necessário: 1 – Quando a cárie destrói o esmalte e a dentina, atingindo a polpa do dente, que fica inflamada ou infeccionada. Durante este processo, o dente torna-se bastante sensível, evoluindo para estágio de dor aguda (pulpite) podendo ou não ter inchaço; 2 – Quando há degeneração avançada (morte da polpa). Muitas vezes não tem mais sinal de dor, mas como há infecção e normalmente formação de lesão; 3 – Nos casos de trauma dental, dependendo da intensidade, a polpa entra em colapso e morte, e há alteração de cor (o dente geralmente fica escurecido); 4 – Em casos de fratura dental com exposição do nervo; 5 – Quando o dente está com a estrutura destruída e necessita a