Muitos adolescentes sonham em colocar um aparelho fixo. No entanto, esse tipo de tratamento é bastante específico e só recomendado pelos ortodontistas quando é preciso melhorar o alinhamento dos dentes do paciente ou quando ele apresenta problemas relacionados com a oclusão. Se você quer saber tudo sobre o aparelho ortodôntico fixo, dê uma olhada nesse post que separamos para você, com perguntas que costumam ser comuns entre os pacientes que vão se submeter ao tratamento ou acham que o aparelho será necessário. Outro tipo de aparelho usado na odontologia é o aparelho móvel.  Criamos o post Tudo o que você precisa saber sobre aparelho ortodôntico móvel, para solucionar suas principais dúvidas sobre o assunto.

Como funciona um aparelho fixo?

O aparelho fixo é uma estrutura que possibilita a movimentação dos dentes através da aplicação da força. Por meio de um arco que fica fixado aos braquetes (pequenas peças coladas aos dentes), o ortodontista vai promovendo o alinhamento e, assim, corrigindo problemas, tanto estéticos quanto funcionais.

Os braquetes são fixados nos dentes com uma resina composta, ou seja, um material específico que não danifica o esmalte, nem tampouco altera a coloração dos dentes.

Os braquetes, por sua vez, servem para sustentar o arco que pode ter mais ou menos força, dependendo do tipo e do calibre. No final da arcada dentária, nos últimos dentes, são colocados anéis de metal, chamados de “banda”, onde toda a estrutura é sustentada e os arcos ficam presos.

Com as ligaduras, ou seja, as “borrachinhas”, o arco fica preso aos braquetes e por meio de acessórios como molas e elásticos, ou mesmo dobras nos arcos, o ortodontista vai ajustando toda a estrutura para que os dentes façam as movimentações necessárias.

Além desse modelo, que é considerado o tradicional aparelho fixo, existe a estrutura do aparelho fixo autoligável onde as estruturas dos braquetes são mais modernas e os arcos adequados a cada fase do tratamento. Além de ser mais fácil de higienizar, esse tipo de aparelho fixo tem a manutenção mais espaçada e o tempo do tratamento costuma ser menor.

Lançamos um post com o nome tipos e cores de aparelho ortodôntico que promete te manter informado sobre a variedade de produtos no mercado.

 

Qualquer pessoa pode usar aparelho fixo?

O uso do aparelho fixo é recomendado para adolescentes e adultos que já contam com os dentes permanentes e a estrutura da arcada bem formada. Desde que o paciente não apresente problemas como cáries, gengivite, entre outros, não há qualquer contra indicação para esse tipo de tratamento.

Como é feito o tratamento?

Primeiramente o ortodontista irá pedir algumas radiografias e tirará o molde da boca do paciente. Fotos da face também são necessárias em alguns casos. Essa documentação serve para avaliar com precisão o problema do paciente e definir os pontos que precisam de alinhamento e ajustes.

Dói ou machuca?

Ao apertar ou trocar os arcos, alguns pacientes reclamam de uma pequena dor ou algum desconforto, mas nada extremo. No início do tratamento, até que o paciente se acostume com os braquetes, é comum ferir as bochechas e a mucosa da parte interna da boca. Por isso, no início, é possível adotar uma cera de proteção que ajuda a protegê-las.

É necessário extrair algum dente?

Em alguns casos, onde não existe espaço na arcada para acomodação dos dentes após o alinhamento, é recomendado extrair alguns dentes. Porém, esses casos têm se tornado cada vez mais raros.

O aparelho fixo pode ajudar no aparecimento das cáries ou de manchas nos dentes?

O aparelho fixo dificulta um pouco a higienização. Para passar o fio dental, por exemplo, é necessária uma espécie de agulha. Além disso, é recomendado o uso de uma escova com cerdas macias, que possa alcançar ao máximo por entre os braquetes. Porém, tomando os devidos cuidados e buscando fazer uma boa higienização, dificilmente problemas como cáries podem surgir.

No que se refere às manchas, a montagem do aparelho não envolve qualquer produto que possa alterar a coloração dos dentes, por isso, esse tipo de problema é bastante improvável.

Qual o tempo médio do tratamento?

Depende muito do caso e do paciente. Em média, o tratamento dura dois anos.

Depois de finalizado o tratamento, é preciso usar um aparelho móvel?

Depois que o aparelho fixo é removido, muitas vezes, o paciente deverá usar uma placa de contenção, que serve para conter novas movimentações e manter o alinhamento. Para a arcada superior, a placa costuma ser móvel e na arcada inferior, fixa.

Gostou desse post? Tem mais dúvidas sobre o aparelho fixo? Confira nosso outro post sobre aparelho ortodôntico. A DentalPrev conta com diversas soluções para quem precisa desse tipo de tratamento, além de oferecer uma rede completa de profissionais super capacitados. Ligue e confira já os planos da DentalPrev!